Segundo turno

As duas campanhas para o segundo turno de São Paulo seriam cômicas se não fossem trágicas…

Assessor de senador tucano cria falsa página de Haddad

Serra se irrita com perguntas e sugere que repórter do UOL trabalhe para Haddad

“Ser gay não é bom pra ninguém” / “Nunca vi um gay feliz”

Maluf reforça apoio a Haddad em discurso no plenário da Câmara

Serra diz que cartilha anti-homofobia do MEC estimula bissexualismo

Piti

Do blog do Noblat (por Priscila Tieppo, Terra) – detalhe: “Ao final da gravação, Serra foi questionado pelos jornalistas que estavam no local sobre sua irritação. O candidato negou ter se irritado e afirmou que apenas estava com estômago ruim porque não tinha tomado café da manhã.” Cuma ?

Em gravação do programa Jogo do Poder, da CNT, o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, se irritou com perguntas sobre a quebra de sigilos de tucanos e pesquisas e ameaçou deixar a entrevista.

O candidato disse que eles “estavam perdendo tempo falando daqueles assuntos”, enquanto podiam dar ênfase aos programas de governo dele.

Após a apresentadora Márcia Peltier citar que a quebra de sigilo teria acontecido em 2009, antes do anúncio das candidaturas à presidência, Serra subiu o tom:

– Que antes da candidatura, Márcia? Nós estamos gastando tempo aqui precioso, estamos repetindo os argumentos do PT, que você sabe que são fajutos, estamos perdendo tempo aqui.

Márcia tentou contemporizar, mas não conseguiu acalmá-lo. “A candidata do PT virá aqui?”, perguntou. Após a afirmativa de Márcia, ele retrucou: “então, pergunta para ela”.

“Agora nós vamos falar sobre programas”, tentou prosseguir a apresentadora. Neste momento, Serra levantou-se e ameaçou sair do estúdio. Tentando arrumar o fio do microfone, disse: “eu não vou dar essa entrevista, você me desculpa”.

Márcia insistiu dizendo que eles falariam de programa de governo, mas ele se manteve firme. “Faz de conta que eu não vim”. “Mas porquê, candidato?”, disse, ainda sentada. “Porque não tem nada a ver com pergunta, não é um troço sério. (…) Apaga aqui”. “O que o senhor quer que apague?”, perguntou Márcia. “Apague a TV pra gente conversar”.

Márcia pediu que as câmeras fossem desligadas e as luzes do estúdio apagadas, mas Serra continuou falando: “porque isso aqui está parecendo montado”. “Montado para quem? Aqui não tem isso”, defendeu a jornalista.

Leia mais clicando aqui.

Acoplamento perigoso

Americana se machuca ao tentar aumentar potência do vibrador:

Uma norte-americana de 27 anos se machucou durante um experimento sexual em Lexington Park, no estado Maryland (EUA), após ela e seu parceiro tentarem aumentar a potência do vibrador usando uma serra acoplada.

Segundo a emissora “NBC Washington”, após ligar para a central de emergência da polícia, o homem admitiu que anexou ao brinquedinho sexual uma serra, com objetivo de dar a máxima potência ao vibrador.

No entanto a serra atravessou o brinquedinho sexual e feriu a mulher, que foi levada para o hospital Prince George.

Leia mais clicando aqui.