Bate-boca-dedo-sujo

Renan:
“A respeito da manifestação do senador Tasso Jereissati. Essas crises acontecem por isso, porque é a minoria com complexo de maioria. Quer expulsar agora um cidadão que está aqui participando de uma sessão que infelizmente é uma sessão história do Senado Federal”

Tasso:
Que me desculpe senador Renan. Senador Renan, não aponte esse dedo sujo pra cima de mim! Não aponte esse dedo sujo pra cima de mim! Estou cansado de suas ameaças”

Renan:
“Esse dedo sujo infelizmente é o de Vossa Excelência. São os dedos dos jatinhos que o Senado pagou”

Tasso:
“Não aponte esse dedo sujo para cima de mim”.

O bate-boca completo está aqui.

Triste fim do nosso Senado.

Se bem que “fim” não é a palavra mais adequada, como sabemos.