Epitáfios e lápides

O norte-americano Thomas Hall percorreu 875 cemitérios –- nos EUA e exterior -– selecionando inscrições tumulares que mais tarde reuniu em um livro chamado “Grave humour” (Humor na tumba). Abaixo, seguem algumas dessas “pérolas”. As duas últimas frases – sugestões de epitáfios – foram extraídas de um livro nacional, “Aqui jaz”:

Aqui jaz um ateu completamente vestido para não ir a lugar algum.
Em um cemitério de Thurmont, Maryland

No início eu não era, depois passei a ser, agora novamente não sou.
Na lápide de Arthur Homan, em um cemitério de Cleveland, Ohio

Debaixo dessa pedra descansa o tio Peter, que em princípios de maio despiu suas ceroulas.
Em um cemitério de Edimburgo, Escócia.

Aqui jaz Buck Allen, que era rápido no gatilho, mas lento para sacar.
Em um cemitério de Silver City, Nevada

Isso é tudo!
Epitáfio de Thomas Stagg, em um cemitério de Londres

Aqui jaz Jonny Yeats – Perdoem-me por não ficar de pé.
Em um cemitério de Ruidoso, Novo México

Rab McBeth, que morreu por não poder continuar respirando.
Epitáfio de um homem que foi enforcado, em Larne, Irlanda

Aqui jaz quem chamou Bill Smith de corno.
Em um cemitério de Criplle Creek, Califórnia

Como acabei muito cedo, me pergunto por que comecei?
Na lápide de um jovem em um cemitério de Plymouth, Massachussets

Aqui jaz Jonathan Blake, que pôs o pé no acelerador ao invés de botar no freio.
Em um cemitério de Uniontown, Pensilvânia

Aqui deveria estar o corpo de Margareth Bent, que morreu e desapareceu.
Em um cemitério de Dorchetsire, Inglaterra

Era. Não é mais.
Epitáfio de Arthur Haine, em um cemitério de Vancouver, Washington

Aqui jaz Lester Moore, com quatro balas de um Colt 44.
Em um cemitério de Tombstone, Arizona

Eu fui alguém. Quem? Não é da sua conta.
Em um cemitério de Stowe, Vermont

Morto, mas não perdoado.
Epitáfio em um cemitério de Atlanta, Geórgia (escrito pela viúva)

Fui!
Epitáfio de Robert Phillip, em Kingsbride, Inglaterra

Ezekial Aikle, idade: 102 anos – Os bons morrem jovens!
Em um cemitério de East Dalhousie, Nova Escócia

Passei a vida tentando ficar rico. Vou ver se agora – com mais tempo – consigo.
Em um cemitério de Charleston, Carolina do Sul

Eu disse que estava doente!
Em um cemitério da Geórgia

A defesa descansa.
Epitáfio de um advogado em Rockford, Illinois

….

Alguma coisa aconteceu no meu coração.
Epitáfio sugerido para Caetano Veloso,
por Aran & Castelo

Favor não batucar na lápide.
Epitáfio sugerido para Zeca Pagodinho pelos autores (acima) do livro “Aqui jaz”

Perigo por perto

Ir à universidade ? Risco de vida !

– Estudante morre baleado dentro da USP:
http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2011/05/19/estudante-morre-baleado-dentro-da-usp-924493616.asp

– Assaltos próximo a universidades assustam estudantes de Pernambuco:
http://noticias.r7.com/videos/assaltos-proximo-a-universidades-assustam-estudantes-de-pernambuco/idmedia/3b5309fe10b4320ab736b64fc3b38bc9.html

– MP denuncia envolvido em sequestro-relâmpago no Fundão:
http://www.jb.com.br/rio/noticias/2011/05/06/mp-denuncia-envolvido-em-sequestro-relampago-no-fundao/

Perigo na ponte

A ponte Rio-Niterói está há 36 horas sem luz. E agora é noticiado isto:

Uma pessoa morre e duas ficam feridas em acidente com eletricidade na Ponte Rio-Niterói: “Três pessoas deram entrada no Hospital Souza Aguiar nesta madrugada com queimaduras causadas por choques elétricos, vindas da Ponte Rio-Niterói. (…) Um dos feridos morreu na manhã desta quinta-feira, com quase 100% do corpo queimado.”

Indecências

Escolha qual a notícia mais indecente do dia:

Frei é preso em flagrante após sair com adolescente de motel no Mato Grosso
Hospitais cobram ‘taxa de ventilador’ de pacientes do SUS no Rio Grande do Sul
Camelódromo da Uruguaiana voltou a funcionar nesta terça-feira
Engenheiro não usava equipamentos de proteção em obra do Metrô em SP
RJ: Estações do Metrô ficam sem luz pela manhã
Banheiros públicos pagos apresentam problemas

Estupidez humana

Segundo a Folha Online, morreu no fim da madrugada desta sexta-feira o jovem Henrique de Carvalho Pereira, agredido com um taco de beisebol dentro de uma livraria de São Paulo no fim do ano passado:

O rapaz estava internado em coma desde o crime, ocorrido em 21 de dezembro do ano passado. De acordo com o Hospital das Clínicas, a morte aconteceu por volta das 5h30.

(…) Henrique foi atacado quando folheava um livro na unidade da avenida Paulista da Livraria Cultura, no Conjunto Nacional, no centro de São Paulo. Aparentemente, segundo a Polícia Civil, o agressor Alexandre Fernando Aleixo, que já havia quebrado uma vitrine da livraria, não conhecia o rapaz. O circuito interno de segurança da loja registrou a ação.

Em agosto deste ano, a juíza Tânia Magalhães Avelar Moreira da Silveira, do 1º Tribunal do Júri de São Paulo, determinou o acusado fosse transferido para um manicômio judiciário. Na época, a juíza afirmou que a transferência para o manicômio judiciário serve para “resguardar a integridade física do acusado, bem como dos demais detentos recolhidos no estabelecimento prisional” em que ele estava.

O taco

O taco

No inquérito que apurou a agressão, Aleixo já havia dito que, ao atacar o estudante pretendia atingir a Livraria Cultura. Posteriormente, em audiência na Justiça de São Paulo, ele afirmou que queria “chamar a atenção da justiça para punir os pagãos que perseguem os cristãos”.

Mais aqui.

Cataploft

Não tenho visto novela, mas leio que estão matando todo mundo, é isso ?

Após morte em “Araguaia”, Edson Celulari diz que só volta às novelas em 2011

Em “Passione”, Diana morre com tiro e Fred, em explosão

Se for assim, como disse o Sensacionalista (e muita gente acreditou), vão acabar enchendo ainda mais o elenco de Nosso Lar 2…

Greve de fome derradeira

De acordo com o Globo Online, uma conversa divulgada em vídeo pela blogueira cubana Yoani Sanchez, a mãe do ativista Orlando Zapata Tamayo afirma que o filho [que morreu na terça-feira, 23.02.2010] após 85 dias de greve de fome, foi vítima de um “assassinato premeditado”:

Na gravação feita pela blogueira, Reina Tamayo pede que o mundo lute pela libertação de outros presos políticos para que a história de seu filho não se repita. Parte dos 75 cubanos presos junto com Zapata Tamayo na chamada Primavera Negra, de 2003, havia pedido por carta que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva intercedesse em favor do ativista , mas o brasileiro chegou a Cuba pouco depois de sua morte e não vai se encontrar com a oposição.

Leia mais clicando aqui.