Orca, a baleia (que não é baleia) assassina

Tillikum e Dawn Brancheau

Tillikum e Dawn Brancheau

Uma treinadora de baleias do parque temático SeaWorld Orlando, na Flórida (EUA), morreu na quarta-feira, 24.02.2010, em um incidente confuso: a suspeita é de que a treinadora tenha caído no tanque e sido atacada por um dos animais.

(…) A vítima foi identificada como Dawn Brancheau, que tinha grande experiência em treinar orcas, segundo um policial.

A baleia, chamada Tillikum, aparentemente já teria se envolvido em outros incidentes no parque, segundo o jornal Orlando Sentinel. Durante um show em 1991, no Sealand do Pacífico, Tillikum teria sido culpada pelo afogamento de um treinador.

Leia mais clicando aqui.

Do Wikipedia:

A orca (Orcinus orca) (popularmente conhecida como baleia-assassina) é o membro de maior porte da família Delphinidae (ordem dos cetáceos) e um predador versátil, podendo comer peixes, moluscos, aves, tartarugas, ainda que, caçando em grupo, consigam capturar presas de tamanho maior, incluindo morsas e “baleias”. O nome baleia assassina provém da tradução direta do inglês “killer whale”. Está, portanto, no topo da cadeia alimentar oceânica. Pode chegar a pesar nove toneladas. É o segundo mamífero de maior área de distribuição geográfica (logo a seguir ao homem), podendo encontrar-se em qualquer um dos oceanos.

Atualização 26.02.2010 – Leia também:
Ainda sobre a orca