Morre Amanda Todd, canadense vítima de cyberbulling

Amanda Todd

Amanda Todd

Muita gente não acredita em cyberbulling. Este é um caso incrível para alguns e absurdo para todos, chocante e triste. Mas real. Sua história, de acordo com o que conta o site Sábado, de Portugal:

Há cerca de um mês, Amanda Todd publicou a sua história no ‘YouTube’. Sem dizer uma palavra, a canadense escreveu em várias folhas de papel os momentos mais difíceis porque passou. Tudo começou no sétimo ano, quando por brincadeira a adolescente começou a frequentar com os amigos salas de chat online. Um dia, conheceu um homem que lhe pediu para mostrar os seios. Amanda aceitou.

Um ano depois, a jovem recebeu uma mensagem no ‘Facebook’. Era do mesmo estranho, que ameaçou divulgar a foto da adolescente semi-nua se esta não se voltasse a despir. A jovem recusou. Segundo conta no vídeo, ele sabia tudo sobre ela: a sua morada, a escola que frequentava, quem eram os seus amigos e familiares.

A imagem foi divulgada. Amanda entrou em depressão, desenvolveu ataques de ansiedade e de pânico e começou a beber e a consumir drogas. Tentou suicidar-se, mudou várias vezes de escola, e até de cidade. Porém, era constantemente alvo de bullying e cyberbullying. O homem que a perseguia chegou até a abrir uma conta falsa com o seu nome no ‘Facebook’, onde colocou como imagem de perfil a foto de Amanda seminua.

Três anos depois, a jovem lançou um vídeo no ‘YouTube’ onde contava a sua história. Esta quarta-feira, foi encontrada morta em Coquitlam, no Canadá. A sua história comoveu o mundo, e pela Internet multiplicam-se as mensagens de condolências.

Em entrevista ao ‘The Vancouver Sun’, o director da escola que Amanda Todd frequentava em Coquitlam disse que “É um caso muito triste. Nós sentimos que tentámos fazer tudo para a ajudar desde que ela chegou até nós.”

“Ela estava bem acompanhada aqui. Os funcionários e os alunos estão muito impressionados. Ela tinha alguns laços muito fortes com a escola e com os funcionários da escola.”

Leia mais e veja o vídeo clicando aqui.

Amanda Todd

Amanda Todd

Update 19.10.2012 – Mais informações sobre o caso. Do site SOL, de Portugal:

O grupo hacker Anonymous identificou várias pessoas suspeitas de serem responsáveis pelos abusos que conduziram uma adolescente canadiana de 15 anos ao suicídio.

(…) As autoridades canadianas investigam também o caso, tendo constituído uma unidade especial de 20 agentes, e apelam ao fim das iniciativas dos justiceiros e a uma torrente de rumores que está a prejudicar a busca pela verdade. «O sistema não funciona assim. Não se condenam pessoas antes de terem sido sequer acusadas. Não podemos ser juízes, júris e carrascos à frente de todos», declarou o advogado Eric Gottardi, citado pela imprensa canadiana.

Uma organização anti-pedofilia do Canadá diz ter recebido uma denúncia relativa a abusos contra Amanda há pelo menos um ano, tendo reportado o caso à polícia e à protecção de menores. Terão as autoridades e a própria família da vítima feito tudo para a proteger? Muitas perguntas continuam ainda por responder. A mãe de Amanda admite que a filha sempre precisou de atenção especial, mas afirma que os problemas psicológicos e de dependência só apareceram após os abusos online. A filha deixou um vídeo póstumo para mãe, que esta ainda não teve coragem de ver.

Leia mais clicando aqui.

O portal Terra também fala sobre a descoberta:

De acordo com o Huffington Post, o grupo ativista postou no Pastebin que o autor das ofensas seria um homem de 30 anos, que vive em New Westminster, na província canadense de British Columbia.

O sujeito que o Anonymous aponta como praticante do bullying se apresentou a um tribunal na segunda-feira sob acusação de agressão sexual e de interferência sexual com menor de idade, mas sem relação com o caso Todd, segundo a emissora canadense CTV. O homem alega que era amigo de Todd e indicou um morador de Nova York como o responsável por importunar a menina.

“Nós geralmente não gostamos de lidar com a polícia em primeira mão, mas fomos obrigados a colocar nossas habilidades em uso para proteger as crianças”, diz um comunicado enviado por e-mail pelo Anonymous ao CTV. “Ironicamente, temos algumas boas pessoas em Vancouver, que chamaram a atenção de nosso admin para o caso. É uma história muito triste que afeta a todos nós”, constava na mensagem.

Leia mais clicando aqui.

No Wikipedia foi criado um link para o caso:

http://en.wikipedia.org/wiki/Suicide_of_Amanda_Todd

Já o Terra destaca o memorial:
Amanda Todd: memorial na web já tem mais de 750 mil “curtidas”

Notícia falsa que continua circulando no Faceboook

Alguns usuários do Facebook continuam veiculando [março de 2012 é a nova leva de mensagens a respeito] o seguinte post no Facebook:

“Pessoal, o Facebook mudou: todos os comentários, os cliques sobre “curtir” serão a partir de agora públicos no Google. Gostaria que fizessem um favorzinho: – passem o cursor por cima do meu nome, esperem que a pequena janela se abra, cliquem sobre “assinado” e retirem a subscrição de “comentários e opções curtir”. Se me pedirem, farei o mesmo, e desta maneira os nossos comentários sobre amigos e família não serão tão divulgados! Obrigado e gostaria que me informassem se o fizerem! Copie esta nota em seu status se quiser que o mínimo de suas informações sejam de domínio público!!! importante e fiquem atentos.”

Mas, segundo o site Dicas Google Plus, o alerta é falso:

Na verdade ao desmarcar a opção solicitada você está simplesmente optando por não receber notificações de comentários ou ações de curtir de seu amigo, nas postagens que vocês possuem em comum e, obviamente, nas quais voce comentou.

Leia mais e entenda sobre o Hoax:
http://www.dicasgoogleplus.com/2011/09/hoax-da-privacidade-do-facebook.html

Mais um alerta:

E aquela parada que mandam os nossos amigos mexerem nas nossas configurações de privacidade do Facebook?

MENTIRA: Besteira, aquilo serve para voce controlar o que deseja que seja atualizado de seu amigo. Veja bem, essa configuração é formada por dois quadros de opções. O primeiro regula o tanto de atualizações que você deseja receber do amigo que voce assinou o perfil para receber atualizações. Você decide se deseja receber: TODAS, AS RECENTES, OU AS IMPORTANTES. Em seguida, na parte de baixo, temos quais tipos de atualizações voce deseja ou não receber. Status, fotos, jogos, curtir, comentários e etc. Em resumo, se você desmarcar no seu amigo “comentários e opções curtir” . Voce simplesmente deixará de saber o que seu amiguinho andou comentando e curtindo pelo facebook, através daquela caixinha espiã que fica na lateral direita da SUA página inicial.

O Facebook ainda não conseguiu uma forma de impedir o acesso do robot do Google as suas páginas publicas. Então não há nada o que você possa fazer, a não ser se policiar e tomar cuidado com o que posta nas páginas e grupos publicos do facebook.

Leia mais clicando aqui.

Update 11.09.2012 – Leia também:
Mais notícia falsa que continua circulando no Faceboook

Os animais de Mark Zuckerberg

De acordo com a AFP, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou nesta quinta-feira à revista Fortune que se tornou praticamente vegetariano ao decidir comer apenas a carne de animais… que ele mesmo sacrifica:

“Este ano me tornei praticamente um vegetariano porque a única carne que como procede de animais que eu mesmo mato. Até o momento, tem sido uma boa experiência, como alimentos mais saudáveis e aprendi muito sobre agricultura sustentável e criação de animais”, escreveu Zuckerberg à Fortune.

Leia mais aqui.

Só não disse quais animais ele mata com as próprias nerd-mãos…