O mínimo

Do extra:

Cinco dias atrás, Esther Braescher Naveira e Silva passou por um constrangimento ao ser parada numa blitz da Lei Seca no Jardim Botânico. Apesar de ser deficiente — ela tem a metade esquerda do corpo paralisada — e não conseguir soprar o bafômetro, foi multada por ter supostamente ingerido bebida alcoólica e teve a carteira apreendida. Ontem à noite, após o EXTRA contar a história de Esther, ela recebeu a habilitação de volta, a suspensão da multa e anulação dos pontos na carteira. E não só isso. A analista de sistemas de 36 anos ganhou flores e um pedido de desculpas, em nome do governo do estado, do coordenador da Lei Seca, major Marco Andrade.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/coordenador-da-lei-seca-assume-erro-de-agentes-em-multa-deficiente-4612326.html#ixzz1rkuIEoAK

E dirigir a seleção, pode ?

De acordo com o site do jornal O Dia, o técnico da Seleção Brasileira de futebol, Mano Menezes, de 49 anos, foi parado em uma blitz da operação Lei Seca, na Praça Nossa Senhora Auxiliadora, em frente à sede do Flamengo, na Gávea, Zona Sul do Rio, no início da madrugada desta quarta-feira [28.03.2012]. De acordo com a nota de O Dia, o treinador estava sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH):

Segundo um agente que participou da operação, Mano foi parado no local por volta de meia-noite. Em nota oficial, o Governo do Estado informou que o treinador se recusou a realizar o teste do bafômetro. Como já ocorreu com outras personalidades, ele foi multado em R$ 957,70 e perderá sete pontos na CNH. A infração é considerada gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A cópia da CNH foi levada ao local pela mulher de Mano. O carro dele foi liberado após um condutor habilitado ter sido apresentado.

Leia mais clicando aqui.