Posto no Rio vende gasolina a R$ 1,44 em 25.05.2011

http://www.jb.com.br/rio/noticias/2011/05/23/posto-no-rio-vende-gasolina-a-r-144-nesta-quarta-feira/
é a fonte da matéria, mas passei lá ontem e vi o cartaz:

Na próxima quarta-feira, dia 25, o Instituto Millenium promoverá a terceira edição do Dia da Liberdade de Impostos: quem passar pelo posto Ale em frente ao antigo Canecão, em Botafogo, das 11h às 14h, poderá abastecer seu veículo com até 20 litros de gasolina sem os 53,03% de impostos cobrados. O objetivo é chamar a atenção da sociedade sobre o quanto é pago de tributos em diversos produtos e também a importância da transparência no uso dos recursos.Para Paulo Uebel, diretor-executivo do instituto, essa é uma oportunidade para que as pessoas, independentemente da classe social, reflitam sobre a carga tributária que afeta a todos os brasileiros.

“Contribuintes de classes sociais baixas e altas, direta ou indiretamente, pagam impostos, taxas e contribuições”, observa Uebel. “A maioria, entretanto, não sabe, exatamente, se paga e o quanto paga de impostos. A ideia é permitir que a população compreenda isso e incentivar que todos participem, legitimamente, na construção de um Brasil melhor, exigindo melhores serviços públicos e maior transparência”.

No Rio de Janeiro serão 4 mil litros de combustível sem impostos. Tendo como base o valor de R$ 3,07 por litro da gasolina, por exemplo, o consumidor paga R$1,63 desse total, exclusivamente de impostos e contribuições. As senhas para abastecimento de gasolina, a R$1,44 o litro, serão distribuídas a partir das 10h30.

Dia da Liberdade de Impostos – Rio de Janeiro
Data: quinta-feira, dia 25/05
Endereço: Posto Ale, que fica na Rua Gen. Goes Monteiro, 195, Botafogo
Horário: Distribuição de senhas a partir das 10h30.
Abastecimento: entre11h e 14h.
Pagamento: Apenas dinheiro.
Observação: Cada senha dá direito a compra de 20 litros (o litro custará R$1,44 ao consumidor, a diferença de R$1,63 referente aos impostos será paga pelo Instituto Millenium)

Justiça Feja Seita

Bem a propósito da prisão de Pimenta Neves (que deve ser solto em menos de 2 anos)…

… um email que circula na rede:

Se Bin Laden tivesse sido preso por brasileiros…

1. Os advogados dele teriam que estar presentes na hora da prisão para garantir seus direitos;
2. Todas as escutas seriam consideradas ilegais por não terem autorização de um juiz;
3. Os policias e militares seriam acusados de “abuso de poder”;
4. Em três dias teria um “Habeas Corpus” decretado por irregularidade nas investigações;
5. Por ser réu primário, não possuir outra condenação, ter nível superior e endereço fixo, seria logo posto em liberdade;
6. Por possuir “livre direito de ir e vir” seria liberado para visitas à Meca;
7. Pelo direito de “ampla defesa” alocaria milhares de testemunhas a seu favor;
8. O processo levaria uma década com ele em “liberdade provisória”;
9. Condenado a pena máxima de 35 anos, cumpriria 1/6 como manda a lei;
10. Durante o cumprimento da pena de cerca de cinco anos, poderia receber visitas das suas cinco esposas e seria liberado para sair nos feriados, inclusive no Natal (!);
11. Depois de alguns meses preso, um Juiz decretaria que a prisão dele é ilegal por não constar Terrorismo no nosso Código Penal;
12. E por último, para não manchar a imagem do Brasil junto ao mundo, ele sofreria a terrível punição de doar 10 cestas básicas para as Obras Assistenciais de Irmã Dulce.

Pronto: Justiça feita como mandam nossas leis!