Tiros por todos os lados

Esse país é uma coisa mesmo.

O governador do Rio chorando pitangas por conta de um pré-sal no oculto da galinha. O presidente só pensa na pré-candidata. O tudo um “pré”, nada vai sobrar no “pós”…

E eu acordo com a notícia de que, em SP, o Glauco, o cartunista, morreu assassinado num assalto em sua casa, ele e o filho.

Tenho que chorar pela violência que mata gente talentosa tão cedo, gente no trânsito, nos sinais…

Meleca de país.