Interno e externo

Uma coisa é certa.

Hoje em dia, as pessoas têm a tendência de valorizar muito mais o que é feito por quem não conhecem, os que “parecem entendidos ou famosos”, do que iniciativas semelhantes, às vezes bem melhores, feitas por amigos ou pessoas próximas.

É como se fosse algo “caseiro”, tipo “santo de casa não faz milagre”.

Bleargh.