Entre comuns, ordinários e o todo (i)mundo

Sarney: todos contratavam parentes. ‘Se houve crime para mim, houve para todo mundo’, teria dito senador a aliados.

… o que nos faz concluir que a declaração “Sarney não é uma ‘pessoa comum'” era mesmo falsa, CQD.

A propósito…

Presidente do Conselho de Ética emprega ”fantasma” – Advogado mora no Rio de Janeiro e não cumpre expediente no órgão

Sarney é o parlamentar mais faltoso do Senado no 1º semestre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s