A volta da censura ?

O desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), proibiu o jornal o Estado de S. Paulo e o portal Estadão de publicar reportagens que contenham informações da Operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica. O recurso judicial, que pôs o Estado sob censura, foi feito pelo empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Li aqui.

Brhada e mais 30 letras

Do Globo Online (leia o texto completo clicando aqui):

Um mexicano tem o nome mais comprido do país e provavelmente um dos mais exóticos do mundo: Brhadaranyakopanishadvivekachudamani Erreh Muñoz.

“Brhada”, como o chamam os seus amigos, é veterinário no Estado de Coahuila, no norte do México. Ele diz que carrega seu nome de 36 letras com muito orgulho. Tanto que passou o nome para o seu filho, apenas com uma pequena variação. A mudança está no sobrenome, que foi fundido em uma palavra só: Errehmuñoz.

A família do mexicano tem um histórico de nomes estranhos. O pai de “Bhrada” chama-se José Refugio. O nome foi uma homenagem à Virgem do Refúgio, já que José foi o único sobrevivente entre cinco irmãos que morreram quando bebês.

Na capa do site, a chamada é bem sugestiva: “Herança maldita”. Vixe.

Cinco em Um

Migobaiano, sempre atento, fez um apanhado estilo Top Five das notícias mais curiosas desta manhã na internet:

Preso foge em Portugal e passa 16 anos em cavernas

Garoto de 7 anos foge no carro do pai para não ir à igreja

Expedição parte em busca de ‘ilha de lixo’ maior que o Texas no Pacífico

‘Calcinha-voadora’ provoca apagão em cidade britânica

Argentino quer passar 24 horas dentro de bloco de gelo em Buenos Aires

Hors-Concours (ou seja lá como se escreve):

Creme à base de sêmen promete rejuvenescimento facial

Do sêmen viemos, ao sêmen voltaremos, como diria Benjamin Button em sonhos de uma noite de verão e luxúria.

The Arrow of Life

Lembram da família de Diego e Susy, que tiram fotos todos os anos na mesma data e colocam na internet ? Já tem as fotos atualizadas, com as “novas gerações” !

http://www.zonezero.com/magazine/essays/diegotime/time.html

Outro exemplo:

http://fotos.fliarubinstein.com.ar/

Havia também uma família de indianos eu acho, mas o site está dando erro.

Três em seis

Megasena concurso 1094 (a que saiu para um bolão do Rio):

09 – 10 – 21 – 36 – 41 – 48

Megasena concurso 1095 (acumulou em 30 milhões):

10 – 16 – 21 – 23 – 27 – 36

Três números repetidos ?
Peralá, que aleatoriedade é essa ? Assim eu não ganho !

Alhos, bugalhos e as gripes suína e espanhola

saogoogleO Peregrino, tão ingênuo, nem tinha pensado nisso, mas a esperta Migatreca lançou a faísca, São Google ajudou. Matéria de 2005 (eu disse 2005):

Grupo de pesquisadores ressuscita vírus da gripe espanhola:

Um dos maiores matadores de seres humanos da história, um vírus, foi recriado em laboratório, causando novos temores; mas os estudos feitos agora poderão impedir que uma mortandade parecida aconteça no futuro.

Well, well, well… Matéria de 29.07.2009:

Estudo: gripe suína descende da espanhola; letalidade caiu

Eu quero ! Eu quero saber das estatísticas sobre quantos adultos acima dos 60 anos estão com a gripe suína. Afinal, embora estes não tivessem ainda nascido na época da espanhola, outras notícias atestam que o tal vírus circulou (e influenciou na imunidade) ainda por uns 40 anos, até “adormecer” em algum canto antes de ser “acordado” de novo no futuro.

Ok, ok, nada de pânico. Mas por que a propaganda na TV carioca fala “não vá ao hospital ou UPA” e não “não frequente lugares repletos de consumidores aglomerados como shoppings” ?

O Peregrino é tão ignorante !

Entre comuns, ordinários e o todo (i)mundo

Sarney: todos contratavam parentes. ‘Se houve crime para mim, houve para todo mundo’, teria dito senador a aliados.

… o que nos faz concluir que a declaração “Sarney não é uma ‘pessoa comum'” era mesmo falsa, CQD.

A propósito…

Presidente do Conselho de Ética emprega ”fantasma” – Advogado mora no Rio de Janeiro e não cumpre expediente no órgão

Sarney é o parlamentar mais faltoso do Senado no 1º semestre

A manhã após a noite

Eu queria lembrar, pela manhã, o tema interessante que me faria redigir um post com conteúdo e mais que duas linhas pela manhã.

Claro que… esqueci.

Se fosse no Twitter, isso seria tema de #precisodeumblocodeanotacoes.