Dos comportamentos

Se você se alonga no metrô, as pessoas te olham meio estranho.

Se você aquece a voz no ônibus, as pessoas acham que você é maluco.

Óbvio: não se preocupe com o que as pessoas acham de você e siga vivendo do seu jeito.

E continue assistindo às mesmas falando mal da vida dos outros, atentendo seus celulares nos coletivos, jogando lixo no chão, etc.

Ô coisa.

Melhor “alongando e cantando e seguindo a canção” por aí.