Meninos

“O menino aprendeu a usar as palavras.
Viu que podia fazer peraltagens com as palavras.
E começou a fazer peraltagens.

Foi capaz de interromper o vôo de um pássaro botando
ponto final na frase.
Foi capaz de modificar a tarde botando uma chuva nela.

O menino fazia prodígios.
Até fez uma pedra dar flor!”

(De um ótimo autor, infelizmente pouco conhecido, chamado Manoel de Barros, em seus “Exercícios de Ser Criança”)