Pipi Everywhere

urinar_nottinghamTrote na Inglaterra incentiva urinar em local público:

A prefeitura da cidade de Nottingham, no centro-norte da Inglaterra, está pedindo aos moradores que ignorem placas espalhadas pela cidade indicando que se pode urinar em certos locais públicos.

As placas trazem o sinal de banheiro junto com os dizeres: “Urinação pública permitida depois das 19h30”.

As placas foram fixadas junto a um comunicado impresso com papel timbrado da prefeitura, fazendo-as parecer oficiais.

Na carta, os autores do trote dizem que a iniciativa pretende evitar que os “moradores urinem em qualquer lugar da cidade”.

Mais no site da BBC. Dica de Migobaiano.

Aqui no Brasil, como sabemos, nem é necessário trote para tal…

Mais um BBB

pm_big_brotherO Peregrino, como sempre, falará sobre o BBB 638 Big Brother Brasil 9, mas a cobertura completa das notícias sobre a edição 2009 do reality show global pode ser visitada em diversos sites. A recomendação é para o

Televisão é Magia

Se você não conhece, deveria. Os autores eu conheço bem e são excelentes blogueiros, recomendo. 🙂

Dois em Um

Migobaiano mandou duas logo de uma vez, para “começar bem” 2009:

Crianças alemãs fogem de casa para se casar na África:

Um menino de sete anos de idade e uma menina de seis que moram em Hannover, no norte da Alemanha, fizeram as malas e fugiram de casa. Eles conseguiram chegar até a estação de trens da cidade, onde foram interceptados pela polícia. Segundo as crianças, elas queriam “ir à África para casar e viver por lá.” Elas tinham feito as malas e levavam a irmã da menina, de cinco anos de idade, para servir de “testemunha de casamento.“ Na bagagem, as crianças levavam roupas de banho, um colchão de ar, óculos escuros e comida.

Australiana é acusada de atear fogo em pênis do marido:

A promotoria diz que Rajini Narayan, de 44 anos, despejou um líquido inflamável sobre o marido, Satish, de 47 anos, enquanto ele dormia. Segundo o jornal australiano The Sydney Morning Herald, a promotoria afirmou que Narayan confessou o crime a vizinhos dizendo acreditar que estava tendo um caso amoroso. A mulher disse aos vizinhos que era uma “esposa ciumenta” e que “o pênis (do marido) deveria pertencer a ela”, disse o jornal, citando alegação da advogada Lucy Boord, da promotoria.

Vixe…